Tem como objetivo encantar e interagir, fazer com que as crianças sejam transportadas para uma outra realidade, sempre de forma lúdica!

Esse é o papel de um contador de histórias.

Uma profissão um tanto quanto diferente; podemos dizer que eles veem para fazer com que as crianças aprendam de formas diferentes a magia do mundo.

Não importa qual a idade da plateia, o contador tem sempre como objetivo cativar, encantar e intensificar o texto por meio do olhar, de seu tom de voz e seus movimentos.

No momento de fazer com que cada criança possa criar uma ligação com o texto, há e nessa hora vale tudo, desde de objetos a instrumentos musicais.

É possível que você já tenha contado uma história para alguma criança! Então, você deve estar se perguntando qual a diferença entre você e um profissional. Certo! Vamos resolver isso. Um profissional da área tem alguns conhecimentos específicos como:

  • Conhecer um pouco sobre o comportamento infantil; não é necessário ser formado em psicologia, por exemplo, mas é algo importante saber que as crianças respondem de formas diferentes a determinados estímulos e situações;
  • Trabalhar a humildade! Um contador de histórias precisa estar sempre aberto ao novo. Deixando o processo livre, o contador promove e garante um espaço para que as coisas aconteçam diferente naquele momento.

Pois bem! É através de um contador que podemos enxergar o mundo um pouquinho mais colorido, com mais alegria e felicidade. Um profissional deve sempre mostrar de fato o significado dos sentimentos e das palavras, já que cada palavra pode nos causar um grande impacto.

Nós da Uniepre desejamos um Feliz Dia dos Contadores de História a todos os contadores de história que fazem o dia a dia das nossas unidades mais feliz e mais colorido!