Chegou a hora de escolher e conhecer a futura escola do seu bem mais precioso.

E agora? São tantas perguntas, dúvidas e inseguranças. Como escolher a certa?

Em primeiro lugar, deve-se manter a calma e a mente aberta para fazer as perguntas aos profissionais que tanto estudaram sobre a criança e seu desenvolvimento. Também, é preciso aceitar e entender que nenhuma escola atingirá 100% das suas “especificações”.

A escola é um ambiente coletivo, em que a criança, em geral, fica por muitas horas. Assim, deve-se ter uma atenção especial para o quê efetivamente esta escola se propõe a proporcionar! Parece complicado, né?

Na verdade, o é!!!

Portanto, deve ser sempre ressaltado e avaliado que se a criança se sente mais confortável, feliz, querida e segura em um ambiente que os pais se comunicam com a escola, que contribuem com soluções, que haja participação, envolvimento, escuta e fala respeitosa, e que os valores da escola sejam os mesmos refletidos em casa, a vida escolar será muito tranquila desde a Primeira Infância.

Algumas dicas de observações e perguntas que podem ser feitas para assegurar a segurança do ambiente, a nutrição e, claro a felicidade da criança vão ajudar:

É possível notar que as educadoras proporcionam um ambiente amoroso? Entre si e com as crianças?

As crianças se encontram felizes?

Quantas crianças têm na sala por educador?

As educadoras possuem treinamentos constantes? Diplomas e formação em Educação Infantil?

Como que as educadoras resolvem conflitos entre as crianças? Isto é, qual é a postura da escola frente a algumas situações?

A criança terá voz na escola? Ela pode se expressar?

A infância é respeitada?

A criança possui autonomia para brincar e explorar? Os brinquedos, livros e etc. estão a sua altura?

Qual é a rotina estabelecida na sala de aula? A rotina é flexível?

Onde as crianças dormem?

Quais são os materiais oferecidos para cada idade?

As atividades são sempre feitas dentro da sala de aula?

Qual a frequência da manutenção e limpeza do ambiente externo?

Há plantas e animais na escola para as crianças cuidarem e acompanharem o crescimento?

Quais são os eventos da escola? As famílias podem interagir? Tem oportunidade de passeios fora da escola?

Há a possibilidade da criança sair sozinha da escola? Quem cuida da segurança?

Quando é realizada a pintura das paredes? Quem checa se não tem fio exposto, tomada e mantém a manutenção do local? Há profissional especialista cuidando da segurança que nem sempre a família percebe?

Há gestão de riscos nesta escola? Quem cuida?

Se meu filho estiver com febre, qual é o procedimento?

A enfermeira da escola está sempre presente?

Qual a frequência com que as crianças lavam as mãos ou escovam os dentes?

Como é feita a higiene das mesas? E dos banheiros? Quais são as técnicas realizadas para as trocas de fraldas?

O cardápio é saudável? A comida é feita na escola?

A escola possui autorização do governo e licenças de funcionamento validadas pela Diretoria de Ensino qualitativa e não só formalmente?

Como é realizada a higiene dos brinquedos?

Quem administra a medicação na escola?

A escola solicita a carteirinha de vacinação?

Como é o atendimento de intercorrências da saúde?

São muitas perguntas, e muitas outras podem surgir.  Porém, repare se esse ambiente escolar seria um ambiente que VOCÊ – PAI OU MÃE – gostaria de estudar e brincar, e mais importante, se seu filho ou filha gostaria de explorar, se ele ou ela ficaria feliz em dividir esse espaço com outras crianças. Afinal, o que todo pai e mãe mais quer é a felicidade de seus filhos!

Por isso, acredite na escola de Educação Infantil; é a fase de maior desenvolvimento das potencialidades humanas, onde se deve ter um olhar diferenciado, e individual para cada criança.

PROCURE UMA ESCOLA QUE ACREDITE NA PEDAGOGIA QUASE QUE ARTESANAL!!

PARABÉNS, VOCÊ CHEGOU EM UMA DELAS! SEJA BEM-VINDO A UNIEPRE!!!

Depoimento da Mamãe Rafaela: “Em primeiro lugar eu posso dizer que a UNIEPRE é a segunda família da Marcela. Eu abracei totalmente a proposta da UNIEPRE, eu acredito que não exista outra maneira de ensinar que não seja dessa forma, porque contempla a criança como um todo. A UNIEPRE oferece à criança a possibilidade de ser criança, ela se torna protagonista dos projetos e das suas brincadeiras.

Eu sempre imaginei um lugar que a Marcela pudesse ser feliz e que ela pudesse ser ela mesma, que ela fosse respeitada na sua individualidade, seu jeito de ser, jeito de ver o mundo. Eu procurava cuidados, que se ela tivesse um machucadinho que ela fosse consolada da mesma maneira que faço em casa. Ter uma médica e enfermeira dentro da instituição nos da uma segurança muito grande.

Antes da UNIEPRE, a Marcela sempre foi uma criança criativa e com muita energia, mas parecia que ela estava sempre entediada. A minha casa não oferecia os elementos necessários para ela se desenvolvesse,  essa sede que a Marcela tinha de aprender, de conhecer, de explorar…

A UNIEPRE é uma escola que tem uma estrutura muito bem planejada, é uma escola que foi projetada para que a Marcela fosse feliz. Uma escola que cultiva o desenvolvimento da criança, a empatia, esse aprendizado livre, fazer amigos, o movimento livre, a autonomia, o vínculo afetivo e o brincar.

Eu percebi que logo que ela foi para escola, sua felicidade aumentou, todas as necessidades dela são saciadas na escola.

Quando você pensa em tudo o que a escola oferece, ela se torna barata, porque os benefícios que ela traz para a vida da família são imensuráveis.”

Flávia Gusmão
Diretora Geral Uniepre e Diretora Unidade Cantareira
www.escolauniepre.com.br