No período de 21 a 25 de junho o MAM desenvolverá uma programação especial  para apresentar as novas exposições, atividades e abordagens, destinadas a professores e educadores que se interessam por arte!

Educadores da UNIEPRE podem participar das atividades e programar visitas com as crianças, conforme a programação do museu. E, as mamães e demais familiares, usufruírem da parceria MAM/UNIEPRE.

man-logo

Programação gratuita para professores e educadores

21 jun (ter) 
14h30
 Exposições Clube de Gravura: 30 anos + Volpi: pequenos formatos – coleção Ladi Biezus: visita mediada em libras com intérprete

22 jun (qua)
10h30
 Exposição Clube de Gravura: 30 anos: visita mediada + experiência poética

23 jun (qui)
10h30
 Exposição Volpi: pequenos formatos – coleção Ladi Biezus: visita mediada + experiência poética
14h30 Exclusivo para professores de Educação Infantil: visita mediada + experiência poética

24 jun (sex)
10h30 Experiências poéticas em Volpi: pequenos formatos – coleção Ladi Biezus.

25 jun (sáb)
10h30
 Ateliê de gravura em Clube de Gravura: 30 anos.

Vagas limitadas
Inscrição: enviar e-mail para educativo@mam.org.br com os dados:
• nome completo 
• telefone para contato
• nome da instituição (trabalho/ensino)

Abertura 20 jun (seg), 20h
Em cartaz de 21 jun – 21 ago 16

Clube de Gravura: 30 anos
Curadoria Cauê Alves  |  Grande Sala
Patrocínio PwC
Desde 1986, o Clube dos Colecionadores da Gravura do MAM cumpre o objetivo de fomentar o colecionismo, ao permitir que um número maior de interessados adquira trabalhos de arte. O Clube viabilizou a execução de projetos especiais desenvolvidos por artistas convidados e, simultaneamente, ampliou o acervo do museu. Na mostra, o público poderá acompanhar diferentes orientações adotadas pela curadoria nesses 30 anos. Se antes participaram artistas que possuíam um sólido trabalho como gravadores, aos poucos os convites foram direcionados àqueles que faziam uso de outros meios, como a pintura ou a escultura. Interessado em acertar o passo com as discussões da cena contemporânea, que questionava a própria definição de gravura, o MAM assumiu o papel de laboratório e lugar de experimentação e deu liberdade para que os artistas superassem os limites da linguagem. A fotografia, a instalação, ou os filmes permitiram a elaboração de uma noção mais híbrida e alargada de gravura.

Volpi: pequenos formatos – coleção Ladi Biezus
Curadoria Aracy Amaral  |  Sala Paulo Figueiredo
Patrocínio Banco Bradesco
A mostra será uma oportunidade para apreciar um segmento significativo da Coleção Ladi Biezus. Trata-se de uma série de cerca de 50 estudos, pinturas de pequena dimensão, cobrindo desde paisagens de fins da década de 20 até o período próximo ao abstracionismo geométrico. Toda a riqueza de estudos cromáticos de Volpi comparece na seleção como uma faceta nem sempre acessível ao olhar de interessados das novas gerações, que poderão através desta coleção preciosa apreciar um pouco da intimidade do processo de trabalho do grande mestre da pintura brasileira do século XX.

rodape-man